Mega roletaAtualização
Compartilhe

Líderes em Movimento conclui programação com olhar voltado para o futuro

Representantes de todos os estados brasileiros estiveram presentes; evento foi realizado em Foz do Iguaçu e, também, foi transmitido on-line
PorRedação
Mega roletaAtualização
Compartilhe

Nesta segunda (02) e terça-feira (03), líderes de todo o País estiveram reunidos no Líderes em Movimento, realizado pelo Sebrae. Em formato híbrido, com transmissão via YouTube e de forma presencial em Foz do Iguaçu, o evento contou com a participação de mais de 11,7 mil pessoas, que tiveram acesso a palestras, apresentações de casos de sucesso, painéis temáticos e experiências imersivas.

Evento contou com mais de 11 mil inscritos. Foto: Jean Pavão.

Neste ano, um dos principais focos do evento foi o estímulo do olhar humano sobre a liderança, em especial ao papel dos líderes. A abordagem foi reforçada por palestras ministradas por nomes de referência como Grazi Mendes, especialista em diversidade, equidade e inclusão; Maria Homem, psicanalista; Tati Bernardi, publicitária e escritora; dentre outros.

Segundo a coordenadora do Polo de Liderança Sebrae, Rejane Risuenho, as mudanças estão estimulando mais empatia e cooperação, por isso, o foco dos conteúdos desta edição.

“As lideranças precisam das tecnologias, dos avanços, mas também a ter um olhar para nós, para dentro. Precisamos ser humanos, nos conectar com os liderados, esse relacionamento é fundamental. A liderança tem esse viés de sentir e conviver”, aponta.

Norte

Adeir Cândido Neto é morador de Ariquemes, cidade situada no Vale do Jamari, em Rondônia. Ele conta que o evento auxiliou a renovar e encontrar novos parceiros, além de formar novas lideranças.

O empreendedor Adeir Cândido Neto é de Ariquemes/RO. Foto: Camila Agner.

“Meus filhos cresceram fazendo cursos do Sebrae e viemos aqui para ter um pouco dessa visão, pois a instituição sempre tem um bom olhar para o futuro”, relata.

Adeir ainda é diretor da associação comercial e industrial do município, além de estimular o instituto de beleza local com 16 profissionais do segmento. Ele reforça que conteúdos como a história de sucesso do Norte Pioneiro, no Paraná, servem como base para próximas ações.

“[É necessário] Levar informação e conhecimento, precisamos incentivar novas gerações a participar de grupos, criar redes de contatos, acesso ao mercado de trabalho e muito mais”, finaliza.

Sudeste

O empreendedor Anderson de Melo Cadima é presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba (MG) e veio acompanhado de uma caravana com outros 14 empresários. Ele garante que o objetivo era abrir a mente, mas que o evento conseguiu entregar mais que isso.

Anderson de Melo Cadima veio de Uberaba para o evento. Foto: Camila Agner.

“Há cerca de duas semanas, tivemos um evento sobre lideranças na cidade e o Líderes em Movimento é um complemento para tudo o que vimos. É mais um reforço sobre a importância de participar, se engajar nas causas da sociedade e fazer parte. Precisamos olhar mais para as pessoas e o conteúdo ao que tivemos acesso aqui nos ensinou muito”, conta.

Centro-Oeste

Denis Daniel de Oliveira é de Miranda (MS) e esteve no evento com o objetivo de representar os povos indígenas da etnia Terena. Ele é proprietário de uma agência de etnoturismo e coordenador de um grupo de nove aldeias do estado. Para ele, o Líderes foi uma oportunidade de aprender, ter acesso a informações e de divulgar a cultura Terena.

Denis Daniel de Oliveira é de Miranda, no Mato Grosso do Sul. Foto: Camila Agner.

“No próprio nome do evento, já se tem uma força enorme: são líderes em movimento. Acredito que nós, como lideranças, temos que fazer o movimento dentro da comunidade e foi isso que ouvimos por aqui. Foi um incentivo constante para que a gente continue nosso trabalho, principalmente com esse foco de sustentabilidade, agroflorestas e equilíbrio entre meio ambiente e desenvolvimento”, incentiva.

Nordeste

O empreendedor ligado ao setor têxtil de costura, José Medeiros de Araujo, veio do Seridó Geoparque, localizada no Rio Grande do Norte. José comenta que a região potiguar é composta por seis cidades e que a atual edição do evento trouxe temas abrangentes e que estão em discussão na sociedade.

José de Araújo participa de um grupo de líderes do Geoparque Seridó/RN. Foto: Camila Agner.

“Me surpreendi e levarei mais do que esperava. Moramos em uma região semiárida, e estamos tendo lições de como poder transformar o nosso local, por meio do desenvolvimento e transformação das comunidades”, pontua.

O empreendedor destaca, ainda, que deve incluir esses e outros temas trabalhados nas agendas da governança local.

“Modelos de desenvolvimento, histórias de transformação de cidades, como Recife e Medelín, que se tornaram exemplos mundiais. Ver esses exemplos nos dá confiança para que possamos transformar, de forma significativa, a vida das pessoas”, afirma.

Sul

De Ponta Grossa (PR), Saimara Siqueira veio para o Líderes buscando inspirações sobre as boas práticas da liderança. Ela é proprietária de uma empresa de propriedade intelectual e coordenadora do eixo de inovação dos Campos Gerais e garante que o objetivo foi cumprido com excelência.

Saimara Siqueira, coordenadora do eixo de inovação dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. Foto: Jean Pavão.

“Foi muito além [do que esperava]. Liderança é sempre pensar sobre as pessoas, e não sobre mim. É pensar nas posturas, nos pensamentos críticos, criar pontes e fazer relacionamentos estratégicos para obter resultados”, diz.

Para ela, as palestras que trouxeram discussões sobre a essência humana foram destaque.

“A palestra da Grazi mexeu muito comigo no sentido de entender qual olhar eu tenho como líder, se estou com o posicionamento correto e se observei todos os lados para tomar uma decisão. Outra foi a da Maria Homem porque me fez refletir sobre o papel da mulher. Às vezes, a gente acha que está num patamar de igualdade, mas tem que descontruir muitos pensamentos para fazer o nosso trabalho”, enfatiza.

Encerramento do Líderes em Movimento contou com apresentação artística do grupo Olodum. Foto: Jean Pavão.

Harmonia e sincronia

Para encerrar o evento, músicos do Olodum subiram ao palco para uma apresentação. Lazaro dos Santos, Lazinho, é um dos fundadores do grupo e relata que participar do Líderes é uma oportunidade de celebrar a cultura brasileira junto às lideranças de todo o País.

“O Olodum surgiu porque nós ouvimos a comunidade. Não é legal viver num lugar que discrimina. E nós tivemos essa visão, junto com a Katia Melo, de fundar o bloco de carnaval e de ampliar essa ideia. O Olodum deu visibilidade para o pelourinho, para a Bahia e para a cultura brasileira”, destaca.

Lucas di Fiori, também músico do grupo, começou a jornada com o Olodum por meio da escola de tambores, ainda aos nove anos. Ele relata que a música mudou a sua vida e é um exemplo de como a boa liderança pode fazer a diferença.

“Dentro da nossa comunidade, o Olodum exerce liderança, revitalizou e difundiu a cultura na Bahia e no pelourinho. Em 1983, foi fundada a primeira escola de tambores e isso é mais um exemplo de como o Olodum foi se desenvolvendo conforme a comunidade pedia e estamos muito felizes de trazer essa história para o palco do Líderes em Movimento”, completa.

Programação

Iniciada nesta segunda-feira (02), a programação do Líderes em Movimento contou com a participação de diversos especialistas do Brasil e do mundo, em discussões que envolveram temas como desenvolvimento territorial; inteligência artificial; narrativas e storytelling e empreendedorismo social.

Todas as soluções do Polo de Liderança Sebrae estão disponíveis para acesso no link: www.polodeliderancasebrae.com.br/

  • foz do iguaçu; líderes em movimento; polo de liderança