Mahjong Ways
Compartilhe

Pequenas empresas têm papel chave para sustentabilidade

Para o Sebrae, um futuro mais verde e promissor passa pela adoção de estratégias sustentáveis no pequeno negócio
PorRedação
Mahjong Ways
Compartilhe

No cenário atual, onde a busca por um futuro sustentável tornou-se imperativa, o Sebrae se afirma como um pilar essencial nessa jornada, impulsionando a inovação e promovendo ações na busca pelo equilíbrio entre desenvolvimento e cuidado com o planeta. Durante o 10º Congresso Internacional de Inovação da Indústria, a instituição ressaltou a importância das micro e pequenas empresas na construção de uma economia ambientalmente responsável e inclusiva.

Para o Sebrae, não se pode falar de sustentabilidade, sem falar das MPE. Representando 99% dos negócios brasileiros, as pequenas empresas são a espinha dorsal da economia e, portanto, merecem um olhar atento e dedicado.

Não há uma grande empresa que não tenha na sua cadeia produtiva, pelo menos, dezenas de pequenos prestadores de serviços, pequenas empresas e pequenos negócios.
Margarete Coelho, diretora de Administração e Finanças do Sebrae.

O Sebrae compreende profundamente a interconexão entre as pequenas e grandes empresas, reconhecendo que a sustentabilidade não pode ser alcançada sem a participação ativa e engajada de ambas. Mas a chave para a efetividade de um futuro mais sustentável na economia, de acordo com a instituição, está nas mãos dos pequenos.

Crédito: Augusto Monteiro/Sebrae.

Segundo a diretora, qualquer estratégia nessa direção deve priorizar micro e pequenas empresas. “Eles estão na base da formação da economia, produzindo em pequena escala, portanto têm uma possibilidade maior de aderência”, reflete. “O Sebrae age como uma ponte crucial nesse ecossistema, fomentando a inovação sustentável em toda a cadeia produtiva”, acrescenta Margarete.

Além de seu papel essencial na promoção da sustentabilidade em diversos setores, o Sebrae também está fortemente envolvido no agronegócio, um pilar fundamental da economia brasileira. A diretora do Sebrae ressaltou a importância de estender o compromisso da instituição às pequenas propriedades rurais à agricultura familiar, garantindo que eles tenham acesso à tecnologia e adotem práticas sustentáveis. Com um grande centro de sustentabilidade no Mato Grosso, um estado de destaque no agronegócio, o Sebrae não apenas oferece conhecimento e suporte aos empreendedores rurais, mas também desempenha um papel crucial na construção de um agronegócio mais sustentável e responsável, contribuindo assim para a construção de uma alternativa de futuro para o Brasil.

Plantando a semente do futuro

Questionada sobre como imagina a atuação do Sebrae no futuro, a visão de Margarete é inspiradora, buscando uma instituição inclusiva, diversificada e inovadora. Essa visão engloba políticas de ESG sólidas, qualidade de gastos, cuidado com os colaboradores e a criação de uma cultura de sustentabilidade nas pequenas e microempresas. “O Sebrae que nós queremos é inclusivo, diverso e inovador”, projeta.

  • Congresso Internacional de Inovação da Indústria
  • desenvolvimento sustentável
  • Indústria
  • Inovação